Consórcio para Viagens

O consórcio de viagem ajuda você a planejar a sua viagem sem ter muita preocupação. Confira algumas informações.

Artigo publicado por Rodrigo Junior nas categorias: Dicas

Muitas pessoas estão optando por fazer alguns consórcios para a sua viagem com a família, planos esses que são os mesmos aplicados na compra de automóveis, imóveis e motocicletas. A única diferença clara, é que no plano de viagem, há a indexação das parcelas para o dólar, e também em relação ao prazo máximo de duração de todos os grupos, no caso 36 meses.

Como as parcelas são fixadas diretamente ao dólar, no momento do pagamento o turista recebe a conversão para o real, o que se torna um risco, pois sabemos que a cotação da moeda americana sempre oscila. Existem também os famosos consórcios nacionais, esses já são indexados em real.

plano de viagem

Vamos entender como funciona o consorcio e também se vale a pena ou não fazer o seu antes de ir viajar.

Posso escolher a agência de turismo?

De acordo com os organizadores e responsáveis pelos principais consórcios de viagens, todos os turistas poderão escolher assim a sua agência de turismo de preferencia para contratar o plano de viagem.

Se o viajante for comtemplado, e os preços estiverem compatíveis com o contrato estabelecido antes no contrato, à administradora fatura o produto na hora, já o sorteado pode escolher a data da sua viagem, sem qualquer tipo de preocupação com prazo ou limite para retirar o prêmio.

Tudo estará bem explicado no contrato da viagem pela agência, porém se o consorciado resolver mudar o seu destino de viagem no momento que receber a mesma, poderá facilmente realizar a troca, sem preocupações. Contudo, se o valor da viagem escolhida, superar o contrato, cabe ao consorciado pagar toda a diferença, se for ao contrario, o valor for inferior, dai a diferença servirá para ajudar a quitar as parcelas ou também poderá ser devolvida.

consórcio

Pagar à vista ou usar o consórcio?

Bom, essa é uma pergunta que muitos viajantes fazem antes de entrar diretamente em um consórcio, isso por que há de fato algumas desvantagens que você precisa saber antes de assinar o papel.

  • A principal desvantagem do consórcio de viagem hoje é que o consorciado não recebe diretamente o bem como no financiamento, por exemplo. Além de tudo isso, ele ainda poderá pagar despesas e taxas administrativas que são de certa forma bem elevadas.
  • Além de tudo isso, os sorteados com alguns prêmios não poderão desfrutar dos seus prêmios imediatamente, pois precisa primeiro planejar as suas férias. Quando é assim vale mais guardar o seu dinheiro economizando bem, do que pagar altas taxas de de administração do consórcio.
  • Mas eles valem a pena pelos preços e prêmios, por isso são muito pedidos pela maioria dos viajantes. Tudo vai depender de você conversar direitinho com a agência de viagem escolhida, para coletar todas as informações. Lembrando que cada qual tem o seu sistema de consorcio, podendo mudar os valores das parcelas e juros.
  • Se você pretende planejar sua viagem sem ter muita preocupação com o dinheiro, peça o seu consorcio de viagem, pois ele será de fato muito útil.

Comente!




*Campos obrigatórios