Pequim

Tradição e sofisticação, tudo misturado em uma única cidade, tudo o que pode encantar um turista em sua viagem.

Artigo publicado por Rodrigo Junior nas categorias: Ásia

A característica principal da cidade de Pequim é a sua constante transformação, por isso, é bem provável que se um dia desejar retornar à cidade, encontre mudanças imensas como novos bairros, arranha-céus, novos shopping centers no lugar de campos, lojas diferentes, hotéis e boutiques, tudo muito diferente, pois essa cidade se transforma frequentemente e a uma rapidez que deixa os turistas impressionados.

Beijing

Como é a Cidade

Pequim nada mais é do que o centro financeiro que mais cresce no mundo, com 15 milhões de habitantes, a cidade se preparou intensamente para as olimpíadas de 2008, tanto fisicamente, quanto também com a população, que passou a se conscientizar para receber melhor os turistas do mundo inteiro.

Quem conheceu a cidade anteriormente já de cara percebe a diferença na forma de circulação pelas ruas, onde até as pessoas passaram a falar mais o inglês, assim também como as placas nas ruas e os menus de restaurantes. Os hábitos chineses também foram banidos das ruas como o ato de cuspir por exemplo, que passou a ser punido até mesmo com multas bem agressivas.

A cidade, que prefere ser chamada de Beijing, ainda mantém uma certa história através de lugares como a Cidade Proibida, que traz histórias do século 15 em suas estruturas, que continua como era em 1911, onde o turista se depara com o complexo dos palácios reais, a soviética arquitetura de Tiananmen Square, a praça da Paz Celestial onde foi o massacre dos estudantes em 1989 e também onde descansa o Mao Tse-Tung embalsamado. Esse trajeto é feito por mais de 1 milhões turistas todo ano em Pequim.

Pontos muito famosos como a Muralha da China e o Badaling, são muito visitados e praticamente intransitáveis durante o verão, tanto por turistas do mundo todo, quanto por turistas locais.

Clima Da Cidade

No verão, o clima esquenta bastante e chega passar dos 30°C na cidade de Pequim, enquanto no inverno podem chegar entre 5 e 10°C negativos, que acontece entre novembro e fevereiro, que é quando os lagos do parque Beihai e do palácio de Verão costumam congelar, algo muito lindo de se ver, porém as temperaturas muito frias geralmente espantam alguns turistas, deixando a cidade um pouco mais tranquila de se visitar.

Modernidade e Sofisticação

Nem toda a cidade vive de tradições, e um dos atrativos mais modernos existentes na cidade são o parque olímpico, onde é possível ver ícones da paisagem urbana, como o estádio Ninho de Pássaros, a sede CCTV e o grande Teatro Nacional, que descrevem toda a modernidade e ambições atuais do país.

As bicicletas já não são muito mais utilizadas, e dão lugar as largas avenidas de cinco pistas, e os centros de grandes compras tomaram os lugares dos hutongs e seus antigos moradores que vendiam seus pãezinhos recheados chamados baozis.

pequim

Gastronomia

Felizmente, este é um ponto onde a tradição não ficou para trás, e a gastronomia ainda oferece pratos típicos como o Pato de Pequim com panquecas, elogiadas como  deliciosas, e muito mais. Porém para quem deseja experimentar outros tipos de pratos diferentes, uma sugestão é visitar as barracas de rua de Wangfujing, que lá poderão experimentar pratos exóticos como os de cavalos-marinho e escorpiões, e também não podemos deixar de mencionar as disputadas casas em Sanlitun, que servem ótimos pratos tipicamente chineses e muito deliciosos.



Comente!




*Campos obrigatórios