Cidade do México

Super populosa e agitada, a Cidade do México tem muita diversão e história, regada a muita pimenta

Artigo publicado por Rodrigo Junior nas categorias: América do Norte

Entre as mais populosas do mundo, a Cidade do México, capital do país, tem de tudo em proporções gigantescas. Muita agitação, pessoas, culturas, gastronomia e muito mais a ser descoberto. A capital mexicana também reúne muitos contrastes e paisagens belíssimas aos seus visitantes.

O Que Fazer na Cidade do México

As ruas da Cidade do México exalam história e cultura. Uma das mais antigas metrópoles do mundo traz em suas construções muita tradição. A Zócalo, praça central, é uma das atrações turísticas mais visitadas. É nela que está localizado o Palácio Nacional, hoje sede do Poder Executivo mexicano, mas o edifício já foi morada de reis e vice-reis da época colonial. Nele, estão os muros do artista Diego Rivera, que contam a história do país. Também na praça está o templo Mayor, local de orações e sacrifícios para os astecas. Hoje, as ruínas se tornaram um museu que relembra esses costumes.

Catedral Metropolitana

Catedral Metropolitana

No Paseo de La Reforma está o Monumento da Independência, outro ponto da cidade que merece ser visitado. Inaugurado em 1910, o monumento homenageia os heróis da Guerra da Independência mexicana. Na mesma praça está o Auditório Nacional, teatro dos anos 50 com belíssima construção por dentro e por fora.

O México é considerado um dos países mais católicos do mundo, por isso, a Cidade do México reúne dezenas de igrejas. Independente da religião do turista, as igrejas merecem estar em seu roteiro, pois também recontam um pouco da história local e ainda exibem arquiteturas de deixar o queixo caído. A Catedral Metropolitana é um dos pontos turísticos na Cidade do México mais visitado e fotografado. Construída sobre o lago Texcoco, a construção barroca é uma das mais belas do país. A Basílica de Guadalupe também merece uma parada, por sua história e tradições que atraem milhares de fieis.

Para completar o roteiro histórico, a Cidade do México oferece diversos museus. Entre os mais famosos está o Museu Nacional de Antropologia. O museu é considerado o maior da América Latina e conta a história de civilizações pré-hispânicas e outros povos do mundo. Além dele, não deixe de passar pelos museus dos artistas Diego Rivera, Frida Kahlo e Dolores Olmedo e pelo Museu de Cera.

Em meio a uma metrópole entre as maiores do mundo, é possível encontrar parques e muito verde. O Bosque de Chapultepec reúne um castelo, um zoológico e muitos hectares de área verde. Outro programa que não pode ficar de fora de seu guia turístico é o parque Xochimilco, um passeio incrível com barcos, comidas típicas e jardins.

Depois de muitos passeios ao longo do dia, a noite mexicana também é um convite para descobrir a cidade. Nos bairros de Condesa e Zona Rosa estão os melhores cafés da região, casas noturnas, restaurantes e ruas para as compras. E é bom se preparar para saborear a comida local, pois a famosa chili está em quase todos os pratos. Não deixe de provar o burritos, fajitas, tacos, nachos, tortillas, tamales, guacamole, quesadillas e muitos outros, sempre muito bem temperados. Para acompanhar, tequila! O momento da gastronomia no México também é um programa muito divertido.

Fazer compras na Cidade do México é um paraíso para os amantes dessa atividade. O bairro de Polanco exibe as grifes mais famosas, em Condesa as galerias de arte são as atrações. Para quem quer levar a lembrancinha do artesanato mexicano, o Bazar Sábado, o Mercado Artesanal la Ciudadela e o Mercado Insurgentes são os melhores pontos a visitar. Como toda grande capital, também há shoppings por toda a cidade.

Vista da Cidade do México

Vista da Cidade do México

Dicas de Turismo na Cidade do México

Para viajar até a capital mexicana, é preciso organizar suas férias. Uma semana pode ser pouco para conhecer tudo o que essa grande metrópole tem a oferecer. Prefira visitar a cidade entre os meses de fevereiro e abril, época em que as chuvas e as chances de furacões diminuem e o clima mais ameno marca presença durante os dias.

Na hora de escolher sua hospedagem, a cidade também oferece opções para todos os bolsos, desde albergues até hotéis mais luxuosos. Assim como qualquer grande cidade, assaltos e furtos acontecem por lá. Procure não andar sozinho de noite e evite exibir muitos pertences como carteiras, bolsas, câmeras fotográficas, cartões de crédito. Durante o dia, abuse dos passeios a pé pelo centro da cidade, já de noite, prefira táxis.

Para seu guia de viagem ficar completo, não se esqueça do visto. Para entrar no México é necessário tirar o visto de turista. Caso você já tenha um visto americano válido, sua entrada no país mexicano está liberada. Informe-se melhor com sua agência de viagem ou na embaixada mexicana no Brasil, http://embamex.sre.gob.mx/brasil/. Com tudo em mãos, faça as malas e arriba, arriba!



Comente!




*Campos obrigatórios