Irã

Por trás de tantas manchetes e tensões, muita cultura, histórias e belas paisagens

Artigo publicado por Rodrigo Junior nas categorias: Oriente Médio

Quando se fala sobre o Irã, dificilmente se pensa em turismo. Isso porque o país está sempre em manchetes sobre questões religiosas, políticas radicais e possíveis guerras. Porém, o que poucos sabem é que o Irã reserva lugares fascinantes. Não só a beleza das paisagens, mas também a riqueza cultural da antiga Pérsia deixa qualquer um encantado.

O que fazer no Irã

Conhecer sua cultura é programa obrigatório. Viajar até o oriente é uma aventura para descobrir como o mundo pode ser tão diversificado. É preciso respeitar seus costumes, ainda que não se concorde com muitos deles. A História do país também vale ser explorada e constar em seu guia turístico. A região, uma das mais antigas do mundo, carrega histórias e momentos importantes para as civilizações.

Principais cidades

Teerã, capital do país, é uma das cidades mais importantes. A Torre Azadi, um marco dos milenares anos da cultura persa, o Palácio Golestan, a vila Saadabad, e os cafés e lojas do Grande Bazar são algumas das atrações turísticas da cidade.

Torre de Azadi em Teerã no Irã

Torre de Azadi em Teerã no Irã

Um pouco mais distante da capital, está a região de Dizin e o monte Damavand, locais muito procurados pelos moradores do país para férias no inverno, onde podem esquiar e praticar outros esportes radicais na neve.

Além de Teerã, vale a pena incluir em seu roteiro, uma passada pela cidade de barro de Bam. Suas ruínas e construções incríveis fizeram da região Patrimônio Mundial da Humanidade, pela UNESCO.

Tchogha Zanbil, Persépolis e Pasárgada são também destinos que saem de seus livros de história do colégio para emergir diante de seus olhos, com ricas ruínas e muita tradição a ser contada.

As mesquitas e madrasas são verdadeiros pontos turísticos no Irã, por sua beleza de arquiteturas. Nas cidades de Isfahan e Shiraz há diversas delas. Locais que também merecem estar em seu guia de viagem. Por todas essas cidades, é possível ir às compras. Além das lembrancinhas de turista, as fotos são grandes recordações. Não deixe de comprar também as roupas femininas, sempre mais fechadas que de costume. E claro, divirta-se na deliciosa gastronomia local.

Mesquita em Isfahan no Irã

Mesquita em Isfahan no Irã

Dicas de Turismo no Irã

Com uma cultura tão diferente do ocidente, é preciso ficar atento a algumas dicas. Para os homens, não é permitido usar bermudas, nem camisetas e blusas com mensagens ou imagens que podem ofendê-los. Para as mulheres, corpo sempre bem coberto, principalmente braços, pernas e cabelos. Esqueça a maquiagem e as roupas coladas.

É preciso visto para entrar no país. Para isso, programe-se com, no mínimo, um mês de antecedência para tirá-lo. Dê preferência para conhecer o Irã na primavera ou outono, quando as temperaturas não estão extremamente quentes ou frias. Informe-se sobre quando acontece o período de Ramadã e evite-o, pois muitos serviços deixam de funcionar.

Boa viagem!



Comente!




*Campos obrigatórios